O Fim do BTG?

Será que o BTG sobreviverá à prisão de seu líder? Essa é a questão que mais ouvi desde ontem. Eu acho que o banco nunca mais será o mesmo. Bancos são muito vulneráveis à boatos e o BTG é muito associado a figura de André Esteves. Desde ontem, tenho ouvido relatos de vários grandes clientes fazendo saques de suas aplicações no banco. Isso é um péssimo sinal.

21873618.EARTORB3

Se o BTG vai sobreviver ou não, e como, saberemos logo. Crises como esta se resolvem rápido, em dias, ou coisa muito pior pode acontecer. No mínimo, o BTG não será o mesmo banco. Agora, acho que a questão mais interessante é como será o setor bancário brasileiro após o BTG. Segundo o Banco Central, no ranking dos 10 maiores bancos brasileiros, o BTG ocupa a 6a. posição após a aquisição do HSBC pelo Bradesco, conforme a tabela abaixo:

Concentração Bancária 2

Em comparação com os “Top 5” (em ativos, depósitos, por exemplo), uma possível quebra do BTG não parece comprometer a “solidez do sistema”. Será que algum dos Top 5 compraria o BTG? Já há boatos que o Bradesco poderá ser convocado pelo BACEN para a desafiadora missão.

Com certeza, há bancos, nacionais e estrangeiros, em vários nichos que lucrarão com a fragilização de um forte concorrente como o BTG. Afinal todos estes recursos que estão sendo sacados do BTG vão para outros bancos, empresas e/ou para o Tesouro Direto…

Empresas relacionadas ao BTG, como a BR Pharma, a Leader e o Banco Panamericano (em sociedade com a Caixa Econômica Federal), podem sofrer também. Jovens talentosos que trabalham (e muito) no BTG e recebem seus bônus em ação também terão um impacto patrimonial.

Acho que o pior da prisão de André Esteves é o impacto sobre o sistema financeiro brasileiro em geral. Como alguém já pontuou, com todos estes escândalos de corrupção, contas na Suíça e paraísos fiscais, como é que essa fortuna saiu do Brasil? Há bancos envolvidos. Qual mais? Além da relação de Esteves com Cerveró / Petrobrás, há outras relações com outros bancos privados e públicos que possam estar comprometidas?

As prisões de Esteves e do senador Delcídio Amaral (relator do projeto de lei da repatriação de recursos no Senado?!) indicam que “ninguém está livre de ser preso”.

About Eduardo Luzio

Economista pela USP (88) e PhD pela PhD University of Illinois (93). Consultor em finanças corporativas e estratégia. Professor de finanças na FEA-USP, FGV -SP e Insper.

No comments yet... Be the first to leave a reply!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: