Um Mal Entendido e a Origem do Prêmio Nobel

Dizem que o multi-milionário Alfred Nobel, inventor da dinamite, criou o Prêmio Nobel para se redimir dos efeitos mortíferos de sua invenção. O curioso é que a criação do Prêmio veio de um mal entendido.

O irmão de Alfred, Ludwig, um bem sucedido empresário da indústria do petróleo no Cáucaso, morreu de enfarto em 1888, durante suas férias na Riviera Francesa (*). Numa época de comunicações globais precárias, o primeiros jornais europeus a darem a notícia confundiram os irmãos anunciando a morte de Alfred, o “Rei da Dinamite”, ao invés do “Rei do Óleo de Baku”.

No obituário, havia críticas ao uso militar da TNT. O mal entendido se multiplicou por outros jornais ao redor do mundo com obituários em tons similares. Chocado com a repercussão de sua “morte”, Alfred decidiu então mudar seu testamento e criar uma maneira de ser lembrado não só pelo pior, mas pelo o melhor da humanidade.

E você, o que faria se pudesse saber hoje como seu obituário será escrito?

(*) Fonte: YERGIN, D. The Prize: the epic quest for oil, money & power, Free Press, NY, NY, 2009.

About Eduardo Luzio

Economista pela USP (88) e PhD pela PhD University of Illinois (93). Consultor em finanças corporativas e estratégia. Professor de finanças na FEA-USP, FGV -SP e Insper.

No comments yet... Be the first to leave a reply!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: